Porque contratar profissionais acima de 45 anos?
20 de dezembro de 2017
O papel fundamental do psicólogo na mudança do mundo do trabalho
20 de dezembro de 2017
Exibir tudo

Profissional CLT?

Durante estes quinze anos de atuação na área de recrutamento e seleção, já me deparei com diversos desafios, tais como: recrutamento em massa com pouquíssimo tempo para execução, encontrar profissionais que nós chamamos de “moscas brancas” – profissionais com raríssimas especialidade, pessoas que só encontramos no campo de trabalho, como profissionais da área de topografia e outros que foram aparecendo no decorrer de empresas pelas quais atuei na área de Recursos Humanos, incluindo empresas de consultoria, indústrias e serviços.

No entanto, nada foi tão desafiador quanto buscar profissionais neste momento que estamos vivendo. Vocês devem estar pensando… e alguns chegam a verbalizar: “O mercado está repleto de profissionais excepcionais que não conseguem se recolocar, por isto deve estar ótimo para selecionar, em que há muita procura e pouca oferta de emprego”. Realmente, existem poucas ofertas de emprego no mercado, mas, em relação a oferta de trabalho, existem várias oportunidades, principalmente na área de vendas que não conseguimos preencher há meses.

Converso com empresários a todo momento, o que mais querem são profissionais que gostem daquilo que fazem, que querem fazer carreira na área escolhida, com “sangue no olho”, com vontade de crescer profissionalmente e, principalmente, que sejam resilientes, tudo isto está em falta no mercado. Apenas para exemplificar o dado acima, o índice de desistências dos profissionais que não comparecem às entrevistas finais é de 50%, antes de iniciar os trabalhos o índice é de 30%, o que já é um indicador importante de desajuste do que as empresas estão oferecendo hoje e o que os profissionais querem para suas carreiras.

Há uma percepção de que o processo de contratação vem mudando com o tempo, em relação a área de Vendas por exemplo, estamos vendo a todo momento vagas ofertadas com modelos de contrações diferentes dos tradicionais não sendo preenchidas por desistências de candidatos.

Com isso, é importante que todo profissional avalie novos modelos de contratação, em que oportunidades de vagas cujo o modelo de contratação foge aos padrões formais estão crescendo, então é preciso adaptar-se, reinventar-se e partir para novos desafios na carreira. Enfim, em todos os níveis de carreira e setores, o desafio dos profissionais da área de Recursos Humanos é encontrar o profissional certo, no lugar certo, neste novo cenário.

Cristiane Magalhães Leite

WhatsApp chat